BB é multado em R$ 500 mil por deixar faltar dinheiro em caixas de Guajará-Mirim

Banco foi condenado por dano moral coletivo por não abastecer caixas em finais de semana e feriados prolongados. Ação foi movida pelo MP-RO.

O Banco do Brasil (BB) foi condenado a pagar uma multa de R$ 500 mil por ter deixado de abaster os caixas eletrônicos com dinheiro, durante feriados prolongados e finais de semana, em Guajará-Mirim (RO). Conforme a Justiça de Rondônia, a condenação ocorreu devido ao dano moral coletivo causado nos clientes. A sentença ainda cabe recurso.

Conforme a 1ª Vara Cível da Comarca em Guajará-Mirim, o processo contra o BB foi movido pelo Ministério Público de Rondônia (MP-RO), após o BB permitir, por várias vezes, o completo esgotamento de dinheiro em todos caixas eletrônicos da cidade.

Ainda segundo o judiciário, o não abastecimendo dos caixas se tornou frequente nos finais de semana e feriados prolongados na cidade.

Segundo o MP-RO, a situação se agravou porque Guajará-Mirim atrai um grande número de turistas e é considerada um polo de compras, pois fica na fronteira com a Bolívia. Com isso, a promotoria local entendeu que um número considerável de correntistas foi prejudicado pela falta de dinheiro para saques.

Em nota à imprensa, o MP-RO confirma que foi fixado o valor de meio milhão de reais, a ser destinado a fundo específico de defesa dos interesses difusos e coletivos.

Desse modo, conforme o MP-RO, os correntistas poderão se valer da condenação coletiva para o ressarcimento de seus prejuízos individuais, desde que demonstrada a existência de dano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>