A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio da Delegacia de Urupá, deflagrou na manhã desta quinta-feira (28/09), a operação denominada “Disk Droga”. De acordo com o Delegado da Polícia Civil e coordenador da Operação, Ronaldo Campos, o trabalho iniciou há aproximadamente 30 dias.  ”Os investigadores intensificaram as diligências no sentido de coibir a prática do crime análogo ao tráfico de droga, porém,  com o trabalho investigativo, foi constatado que os suspeitos seriam responsáveis pela distribuição de entorpecentes em toda região de Urupá, Mirante da Serra, Alvorada do Oeste e Teixeiropolis”, disse o Delegado.

O trabalho realizado pelo Serviço de Investigação e Captura (SEVIC) da Delegacia de Urupá constatou que a comercialização de entorpecente era constante na região e não tinha dia nem hora (manhã, tarde, noite, madrugada, fins de semana e feriados) apresentando um grande fluxo de pessoas no local e consequentemente uma grande quantidade de dinheiro.

 

Publicidade

Com as investigações ainda em andamento foram angariados indícios para solicitação de medidas cautelares de Busca e Apreensão e Prisão Preventiva contra os investigados e na manhã de hoje, os investigadores da Delegacia de Urupa com apoio da equipe da Delegacia de Alvorada realizaram o cumprimento das medidas judiciais.

Durante a ação policial, foram localizados em uma das residências investigadas quase um quilo de pasta base de entorpecente do tipo cocaína e, em outras duas residências, foram localizados vários invólucros de entorpecente do tipo “Crack” e “maconha”.  Ainda durante as buscas, foi encontrado uma rinha de galo onde havia 24 (vinte e quatro) aves presa e, alguns, com características de maus tratos. diante dos fatos, os suspeitos foram autuados por crime ambiental.

Outras diligências foram realizadas com objetivo de localizar e responsabilizar outros partícipes dos crimes citados acima.  Os envolvidos foram conduzidos até a Delegacia para os procedimentos legais e, em seguida, encaminhados ao presídio local onde aguardam a manifestação da Justiça.

Foram presos Preventivamente os nacionais M.L.P (23 anos) e C.P.M.S (29 anos) e presos em Flagrante M.L.P (servidora pública do municipio de Urupá) e O.B.O (21 anos).