Modern technology gives us many things.

Bancada de parlamentares de Rondônia exige mais vacinas ao Ministério da Saúde

0

Os 8 deputados federais e 3 senadores de Rondônia reuniram-se no final da tarde de segunda-feira com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e pressionaram por mais vacinas contra a Covid-19. O coordenador da bancada, Lúcio Mosquini, explicou ao ministro que Rondônia é um dos estados com maior defasagem de imunizantes para os grupos prioritários. Segundo ele, existem 617.700 pessoas na fila de prioridade, mas até o dia 30 de março foram enviadas 213.800 doses, o que representa 35% do que deveria receber. A situação piora quando Rondônia é comparado com outras unidades da Federação. O Amapá, por exemplo, que possui 117.889 pessoas do grupo de risco, já recebeu 102.350 doses.

No encontro, o ministro mostrou-se solidário ao pedido dos parlamentares e prometeu em 48 horas corrigir o déficit de imunizantes. Segundo ele, os números sofreram adequações de acordo com índice do IBGE e também do surgimento de novos grupos prioritários após a elaboração do PNI – Plano Nacional de Imunização. Além das vacinas, os deputados e senadores cobraram também mais médicos, UTIs e suprimento de oxigênio para os municípios. A reunião contou com a presença dos deputados federais Lucio Mosquini, Léo Morais, Expedito Netto, Mariana Carvalho, Jaqueline Cassol, Silvia Cristina, Dr. Mauro Nazif, Coronel Chrisóstomo, e também os três senadores de Rondônia, Confúcio Moura, Marcos Rogério e Acir Gurgacz.

Via assessoria

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.