Modern technology gives us many things.

Mourão minimiza ataques de Eduardo Bolsonaro à China: foi apenas uma ‘declaração’

“É exatamente isso o que você falou, declaração. Nada mais do que isso", disse o vice-presidente Hamilton Mourão sobre os ataques à China feitos pelo deputado federal e presidente da Comissão de Relações Exteriores, Eduardo Bolsonaro

0

“É exatamente isso o que você falou, declaração. Nada mais do que isso”, disse o vice-presidente Hamilton Mourão sobre os ataques à China feitos pelo deputado federal e presidente da Comissão de Relações Exteriores, Eduardo Bolsonaro

O vice-presidente Hamilton Mourão minimizou os ataques contra a China feitos esta semana pelo deputado federal e presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Para Mourão, a postagem do parlamentar sobre a “espionagem da China” na tecnologia 5G foi apenas uma “declaração” e que isso não interfere nas relações do governo com o país asiático.

“É exatamente isso o que você falou, declaração. Nada mais do que isso. Estamos trabalhando de forma objetiva e mantendo contato com nossa contraparte na China. A gente segue nosso trabalho normal aqui no governo”,  disse Mourão nesta quinta-feira (26), de acordo com reportagem do jornal O Globo. “A Comissão de Relações Exteriores não é governo, é uma comissão parlamentar”, completou.

Na quarta-feira, os deputados federais Fausto Pinato (da Frente Parlamentar Brasil-China), Perpetua Almeida (Presidente Frente Parlamentar da Cooperação entre os Países do Brics) e Daniel Almeida (Presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil/China) pediram ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que paute o “imediato afastamento” de Eduardo Bolsonaro da presidência da Comissão de Relações Exteriores, por conta dos feitos à China, maior parceiro comercial do Brasil. A postagem de Eduardo motivou uma reclamação formal da embaixada chinesa ao governo brasileiro.

Fonte: Brasil 247

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.