Modern technology gives us many things.

Operação “Praesentia” faz varredura em unidade prisional de Porto Velho em busca de armas e drogas

Em quatro horas de operação, 40 policiais penais do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais - Gape, dois policiais civis do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil de Rondônia - Denarc com três cães farejadores realizaram buscas na unidade, que atualmente possui 508 reeducandos

Em quatro horas de operação, 40 policiais penais do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais – Gape, dois policiais civis do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil de Rondônia – Denarc com três cães farejadores realizaram buscas na unidade, que atualmente possui 508 reeducandos

Em uma ação conjunta da Secretaria de Estado da Justiça – Sejus e Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania – Sesdec, 42 policiais realizaram na tarde de segunda-feira (6), a operação “Praesentia”, uma revista intensiva na Penitenciária Edvan Mariano Rosendo, localizada em Porto Velho. A operação do Governo de Rondônia visa intensificar o controle e manter a segurança dentro dos estabelecimentos penais do Estado. A palavra, que dá nome à ação é de origem latina; significa presença ou em interpretação mais ampla estar à frente. A ação tem como objetivo fortalecer a segurança dentro das unidades, acentuando a presença operacional da polícia e retirando possíveis materiais ilícitos das celas.

Em quatro horas de operação, 40 policiais penais do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais – Gape, dois policiais civis do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil de Rondônia – Denarc com três cães farejadores realizaram buscas na unidade, que atualmente possui 508 reeducandos. Um pelotão do Patamo do Batalhão de Choque, com o efetivo de 19 policiais militares realizou ronda ostensiva durante toda a operação na parte exterior do presídio. Durante às buscas foram encontrados sete aparelhos celulares, alguns invólucros com aproximadamente 150 gramas de substância, possivelmente maconha e nenhum tipo de armas.

Reforço

O secretário da Sejus, Marcus Rito, destacou o sucesso de mais uma operação em parceria com a Sesdec. “Esta ação conjunta fortalece a segurança, não somente na vertente investigativa e ostensiva, mas também dentro das unidades prisionais. Com esse trabalho, o Governo do Estado mostra que a integração das forças policiais é o que deve ser feito, é o que fortalece a Segurança Pública. Todos juntos e integrados, no combate ao crime organizado”, concluiu.
O secretário da Sesdec, Hélio Cysneiros Pachá destacou ainda que, “nesse momento, as forças de segurança fortalecem o combate às organizações criminosas que atuam em Rondônia. As operações repressivas com a Polícia Militar e investigativas com a Polícia Civil, promovem o enfraquecimento das movimentações ilícitas no interior dos presídios e fazem parte do enfrentamento diário. É o Governo de Rondônia atuando firme no combate ao crime”, finalizou.

Combate ao crime

Em menos de duas semanas é a segunda operação realizada pelo Governo. No último dia 27 de maio, foi realizada na zona Leste da Capital, a operação “Restitui”, que contou com a participação de 135 servidores entre policiais penais da Unidade de Monitoramento Eletrônico – Umesp e do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais – Gape, policiais militares, policiais rodoviários federais e agentes de trânsito. Na ocasião foram recolhidos 21 indivíduos por descumprimento das regras de monitoração eletrônica, realizadas três prisões em flagrantes por porte ilegal de arma de fogo e a prisão de um foragido da Justiça.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.