Modern technology gives us many things.
Divulgação/Josué Damacena (IOC/Fiocruz)

Pfizer pedirá em novembro liberação para uso de vacina em criança no Brasil

A Pfizer afirmou nesta 4ª feira (27.out.2021) que pedirá em novembro a autorização para o uso de sua vacina contra a covid-19 em crianças a partir de 5 anos. O pedido será feito à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A agência aprovou em junho o uso do imunizante em maiores de 12 anos. Eis a íntegra (238 KB) do anúncio.

A vacina da Pfizer é a única autorizada no Brasil para ser aplicada em adolescentes. Dados da farmacêutica mostram que a vacina teve uma taxa de eficácia de 90,7% em crianças de 5 a 11 anos. Segundo a empresa, a dosagem aplicada nessa faixa etária deve ser menor: 10 microgramas, em vez da dose de 30 microgramas usada para pessoas com 12 anos ou mais.

Publicidade
O comitê de especialistas que auxilia a FDA (Food and Drug Administration, agência regulatória dos EUA) recomendou na 3ª feira (26.out) a aplicação da vacina em crianças de 5 a 11 anos. Segundo o comitê, os benefícios da vacinação superam os riscos.

Agora, cabe à FDA analisar a questão. Se o órgão aceitar a recomendação, o tema passa para o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), que tem a palavra final. Especialistas do CDC tem reunião agendada para a próxima semana para discutir a possível aprovação.

BANNER GOVERNO – NOV 2021 – CORONAVIRUS

No documento enviado à FDA, a farmacêutica disse que as crianças têm o potencial de se tornar “o principal motor da pandemia em um futuro próximo”. Afirma que o fato de crianças menores de 12 anos estarem inelegíveis para vacinação anticovid faz com que “permaneçam em risco de contrair covid e continuem a servir como um grande ‘reservatório’ para transmissão comunitária”.

 

Poder 360

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.