Modern technology gives us many things.

Quarentena teria causado a extinção de duas cepas de gripe, dizem os cientistas

0

Quarentena não só serviu para mitigar a pandemia do coronavírus, mas também contribuiu para que as taxas de transmissão da gripe se tornassem historicamente baixas e os especialistas apontam que até mesmo algumas cepas do vírus da gripe podem ter desaparecido.

De acordo com estudos do Fred Hutchinson Cancer Research Center em Seattle, suspeita-se que uma das variantes do H3N2 (vírus influenza subtipo A) pode estar extinto. O mesmo pode ter acontecido com uma das duas linhagens de vírus influenza B, conhecida como B/Yamagata, pois as pessoas tomavam muito cuidado para evitar o contágio do Covid-19.

Trevor Bedford, biólogo computacional e participante de pesquisa, disse que nenhuma das cepas foi detectada em mais de um ano. A última vez que as sequências virais de B/Yamagata ou da variante H3N2 (conhecido como 3c3.A) foram registradas foi em março de 2020.

“Há uma boa chance de que tenha desaparecido. Mas o mundo é um lugar grande”, disse Bedford do 3c3.A . Ele considerou que essa possível redução na diversidade de tipos de doenças poderia facilitar a seleção de vírus que normalmente são incluídos nas vacinas contra influenza.

A esse respeito, Florian Krammer , especialista em influenza da Escola de Medicina de Mount Sinai, Nova York, pesquisou bancos de dados genéticos para vírus B/Yamagata e chegou à mesma conclusão de que essas cepas poderiam ter sido erradicadas, embora tenha alertado que “o o fato de ninguém ter visto isso não significa que tenha desaparecido completamente”, já que em muitos países não existem os mesmos protocolos que nos Estados Unidos.

Ben Cowling, especialista em gripe da Universidade de Hong Kong, disse estar cético quanto ao desaparecimento total de B / Yamagata, assim como de Cecile Viboud, acreditando que esses vírus ainda poderiam estar circulando em níveis baixos em lugares onde não havia prevenção medidas contra a pandemia Covid-19.

 

IstoéDinheiro

 

foto ilustrativa

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.