Modern technology gives us many things.

Reflexos da Reforma Administrativa na sociedade foi tema de plenárias do Sindsef

0

Os desdobramentos da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da Reforma Administrativa – PEC 32/2020 e as consequências para a sociedade já penalizada por desigualdades sociais e econômicas, foram pautas das duas plenárias virtuais realizadas na última semana, pelo Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO e que teve como palestrante o mestre em ciências econômicas, Max Leno, supervisor técnico do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

A primeira plenária realizada no dia 15/09 teve como objetivo proporcionar uma tarde de estudos sobre o tema aos integrantes do Sistema Diretivo e filiados do Sindsef/RO. No dia 17/09, a plenária foi direcionada a dirigentes sindicais de entidades municipais, estaduais e federais de Rondônia e teve como desdobramento, a criação de um fórum estadual para encaminhar e organizar debates e atos futuros sobre o tema no estado.

Participaram da plenária representantes das entidades sindicais: SINDSEF, ASPOMETRON, ASSINCRA, CENTRAL DOS SINDICATOS BRASILEIROS, CONDSEF, CTB, SINDPRFRO, SINDICATOS DOS TRABALHADORES RURAIS DE NOVA BRASILÂNDIA E DE CACOAL, SINDEPROF, SINDERON, SINDETRAN, SINDICATO DOS ENGENHEIROS, SINDSAÚDE, SINDSEM, SINDUR, SINJUR, SINJUSTRA, SINPROF VILHENA E PORTO VELHO, SINSEMAT, SINSEMPRO SINTERO POLOS PORTO VELHO, OURO PRETO, PIMENTA BUENO E COLORADO, SINTRACER, SINTRAER E SITMAR.

Na palestra, o economista Max Leno Max discorreu suas explicações baseado em estudo políticos e sociais desenvolvidos pelo DIESSE. Ele observou que diante do quadro de desigualdades sociais no Brasil, o setor público exerce um papel importante, atendendo a população em diversas demandas, à exemplo da saúde, educação e segurança. Também alertou para uma série de alterações por trás da proposta da reforma administrativa, inclusive do risco de mercadorização ou mercantilização do serviços sociais, que coloca em cheque a forma com esses direitos sociais chegarão as famílias brasileiras.

ASSISTA COMO FOI A PALESTRA DO ECONOMISTA MAX LENO

Max Leno agradeceu o convite feito pelo Sindsef/RO e reforçou a necessidade do tema chegar até a sociedade. “É preciso levar a informação de que o desdobramento dessa reforma não será apenas de caráter corporativo, pois afetará toda a sociedade que depende dos serviços públicos essenciais”, afirmou.

A principal missão do Sindsef/RO é de zelar e garantir os direitos de seus filiados por meio de medidas administrativas e judiciais e de mobilização política. No entanto, sua Diretoria Executiva acredita que pode contribuir com a sociedade levando informações e articulando a realização de debates de interesse de diversas categorias.

Para a realização das plenárias, o Sindsef/RO instalou uma comissão que teve como integrantes, o presidente do Sindsef/RO, Ildo Mussoi, o vice-presidente Mário Jorge Sousa de Oliveira, os diretores Francisco Torres (presidente da Comissão), Abson Praxedes, Eliete Azevedo, Eva Bezerra, Flávia Hiromi Takahashi, Joana Darc dos Santos, Wilton Marques e Anilce Pinheiro. A Comissão também teve a colaboração dos representantes da Direção Nacional da Condsef/Fenadsef, Herclus Coelho (titular da Secretaria de Aposentados e Pensionistas) e Paulo Vieira (titular da Secretaria da Saúde do Trabalhador).

Sindsef

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.