Modern technology gives us many things.

Um em cada 3 curados tem transtorno mental ou neurológico após Covid

Pesquisadores de Oxford encontraram o índice após analisarem prontuários de 236 mil pessoas, a maioria delas dos EUA

0

Pesquisadores de Oxford encontraram o índice após analisarem prontuários de 236 mil pessoas, a maioria delas dos EUA

Uma em cada três pessoas recuperadas da Covid-19 desenvolve algum transtorno neurológico ou psicológico nos seis meses seguintes à infecção provocada pelo novo coronavírus. É o que indica estudo publicado nessa terça-feira (6/4), no jornal Lancet Psychiatry.

Pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, analisaram os registros de 236.379 pessoas contaminadas, a maioria delas dos Estados Unidos. Até 34% dos pacientes foram diagnosticados com distúrbio cerebral ou psiquiátrico depois de terem se livrado do coronavírus.

O levantamento comparou os casos de Covid-19 com casos de gripe e infecção do trato respiratório. Os resultados evidenciaram que a Covid-19 está causando grande impacto na saúde mental das pessoas.

Saúde
Com protocolo inovador, HBDF reduz tempo de internação pós-Covid
Ansiedade e transtornos de humor foram os diagnósticos mais comuns entre os 14 distúrbios encontrados, representando 17% e 14% de todos casos, respectivamente. Os cientistas não acharam relação direta entre os graus leve, moderado e grave da Covid-19 com os transtornos psicológicos, ou seja, independente do quadro apresentado pelo paciente durante a infecção existe a possibilidade de desenvolver problemas posteriores.

Até 7% dos pacientes que precisaram de internação em unidades de terapia intensiva (UTIs) sofreram acidente vascular cerebral (AVC) em seis meses e cerca de 2% foram diagnosticados com demência.

“Nossos resultados indicam que doenças cerebrais e transtornos psiquiátricos são mais comuns após a Covid-19 do que após a gripe ou outras infecções respiratórias, mesmo quando os pacientes são combinados com outros fatores de risco”, disse o médico psiquiatra e co-autor do estudo, Max Taquet.

 

Metrópoles

foto ilustrativa

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.